Soberania ilimitada

A obsessão panóptica do poder imperial.

web cam PhilipsO-A-M
blog #5
Segunda-feira, Agosto 11, 2003

O 11 de Setembro, cujas origens e ocorrência detalhadas estão longe de ser conhecidas, permitiu sobretudo à actual Administração Republicana dos EUA desencadear dois projectos aparentemente inimagináveis: o da soberania imperial ilimitada, que pretende fazer tábua rasa das leis internacionais e nacionais (de qualquer país!) sempre que tal lhe convier; e o do controlo orwelliano da humanidade, a pretexto da evolução das doutrinas estratégicas da defesa e da guerra, e ainda da luta contra o terrorismo. Esta realidade, que porventura não sofrerá recuos significativos depois do Sr. Bush desaparecer do mapa, coloca questões cruciais sobre o futuro imediato da humanidade. Pensemos apenas na associação deste processo de expansão em rede do poder militar e policial norte-americano à escala planetária à anunciada hegemonia química e bio-tecnológica do mesmo país sobre a produção alimentar mundial (através de gigantes tão bestiais quanto a Monsanto). Embora não possamos comparar esta espécie de fascismo panóptico com o Fascismo italiano e o Nazismo alemão, talvez estejamos de facto no início (doce) de um autêntico pesadelo. Numa economia hiper-tecnológica, o emprego será um bem cada vez mais especializado… e escasso. Não parece assim difícil imaginarmos que boa parte dos empregados venham a transformar-se em mero agentes humanos de um Estado Mundial.

A propósito deste tema recomendo duas leituras muito esclarecedoras:

1. Surveillance total, de Ignacio Ramonet

“En el pasado, ningún gobierno había tenido el poder de mantener a sus ciudadanos bajo una vigilancia constante. Ahora la Policía del Pensamiento vigilaba constantemente a todo el mundo”. — GEORGE ORWELL, 1984

Quienes este verano piensen pasar sus vacaciones en Estados Unidos han de saber que en virtud de un acuerdo entre la Comisión Europea y las autoridades federales, la compañía aérea con la que viajen entregará, sin su consentimiento, a las aduanas de Estados Unidos algunas informaciones personales. Incluso antes de que penetren en el avión, las autoridades de Estados Unidos conocerán su nombre, apellido, edad, dirección, números de pasaporte y tarjeta de crédito, estado de salud, preferencias alimentarias (que pueden indicar su religión), viajes anteriores, nombre y edad de quienes les acompañaron, organizaciones que financiaron sus desplazamientos, etc.”

Surveillance totale
Vigilancia total
par/por Ignacio Ramonet

2. The Pentagon’s Plan for Tracking Everything That Moves, Big Brother Gets a Brain, de Noah Shachtman

“Everything is set for a new Pentagon program to become perhaps the federal government’s widest reaching, most invasive mechanism yet for keeping us all under watch. Not in the far-off, dystopian future. But here, and soon.
The military is scheduled to issue contracts for Combat Zones That See, or CTS, as early as September. The first demonstration should take place before next summer, according to a spokesperson. Approach a checkpoint at Fort Belvoir, Virginia, during the test and CTS will spot you. Turn the wheel on this sprawling, 8,656-acre army encampment, and CTS will record your action. Your face and license plate will likely be matched to those on terrorist watch lists. Make a move considered suspicious, and CTS will instantly report you to the authorities.

Fort Belvoir is only the beginning for CTS. Its architects at the Pentagon say it will help protect our troops in cities like Baghdad, where for the past few weeks fleeting attackers have been picking off American fighters in ones and twos. But defense experts believe the surveillance effort has a second, more sinister, purpose: to keep entire cities under an omnipresent, unblinking eye.
This isn’t some science fiction nightmare. Far from it. CTS depends on parts you could get, in a pinch, at Kmart.”

The Pentagon’s Plan for Tracking Everything That Moves
Big Brother Gets a Brain
by Noah Shachtman

¶ 1:41 PM

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s