Zeitgeist

Horus versus Jesus
Hórus versus Jesus, um conto astrológico muito antigo, que se repete ao longo
da história das religiões.

Zeitgeist (versão legendada em português)
Duas horas alucinantes sobre mitos e especulações

Um vídeo produzido por Peter Joseph (2007/2008)

Antes de voltar aos temas actuais do país (Portugal) e do mundo (crise sistémica do capitalismo e implosão da economia americana em particular) recomendo vivamente este excepcional documento de agit-prop sobre alguns mitos antigos e recentes da boa consciência ocidental.

O primeiro mito desmontado no vídeo de Peter Joseph, é o da narrativa bíblica que estrutura a ideologia cristã, mostrando como uma ficção insistentemente repetida ao longo dos séculos acabou por ser imbuída nos níveis mais profundos da pseudo-consciência ocidental cristianizada.

Esta primeira parte da desmontagem ideológica organizada por Zeitgeist (versão legendada em português) deixa-nos uma impressão duradoura sobre como e até que ponto se pode fabricar e inocular socialmente uma fantasia narrativa — a adaptação do mito de Hórus à pseudo-história de Jesus — ao longo de séculos, e sobre tal manifesta mistificação erguer sociedades, impor submissões humilhantes, infligir os maiores sofrimentos humanos e eleger o recurso à guerra como ultima ratio da perpetuação e expansão do poder e da exploração do homem pelo homem.

Na segunda parte do vídeo é uma vez mais passada em revista a grande conspiração que conduziu a América e o mundo ao embuste do 11 de Setembro, mostrando-se como, sobre uma mentira matraqueada até à exaustão, se tem vindo a limitar as liberdades democráticas em todo o planeta, sob o pretexto de uma guerra global contra o terrorismo. O único terrorismo que efectivamente tem existido é o terrorismo de Estado, de que o terrorismo islâmico mais não é do que uma manifestação orquestrada. Nas Operações Especiais e na Guerra Assimétrica em curso, de que o terrorismo é a aparência psicológica instrumental, é cada vez mais aparente o papel sórdido desempenhado por países como os EUA, Israel e o Reino Unido. Basta contar as vítimas causadas pelos serviços secretos e forças militares destes países no Afeganistão, no Iraque, no Líbamo e na Palestina, nos últimos dez anos, para percebermos até onde vai o embuste do perigo terrorista oriundo da fantasmática Al Qaeda, e como esta criminosa cortina de fumo tem servido sobretudo para preparar psicologicamente o Ocidente para a probabilidade elevada de uma III Guerra Mundial antes do final da primeira década do século 21, no fundamental dirigida contra a China e a Rússia, e tendo por objectivo prioritário o controlo hegemónico dos recursos energéticos e biológicos mundiais.

Na terceira parte de Zeitgeist (versão legendada em português), Peter Joseph mostra como um grupo reduzido de grupos financeiros controlam e manipulam completamente as economias nacionais e acabam por impôr a guerra como o mais lucrativo dos negócios até hoje inventado.

Cada um é livre de verificar os dados invocados na denúncia das conspirações deste documentário activista. Mas de uma coisa estou certo: a percepção que temos de alguns mitos e do que os corrompidos meios de comunicação social dominantes nos impingem diariamente irá mudar de uma vez por todas.

Seja para aceitar como boas, ou para criticar, as teorias da conspiração apresentadas em Zeitgeist (versão legendada em português), vale bem a pena ver este vídeo durante duas horas de alucinantes alegações.

Em defesa de ‘Zeitgeist, the Movie‘, nomeadamente respondendo às críticas de que tem sido alvo (ver artigo na Wikipedia), aqui vai a defesa de Peter Joseph:

Welcome to the Official Site for ‘Zeitgeist, the Movie.’ Since the emergence of the work in late June, 2007, many other websites, organizations and posts have fallaciously claimed connections to the work. Please note that ‘Zeitgeist‘, along with this site, has no direct affiliation with anything else online.

Zeitgeist, produced by Peter Joseph, was created as a nonprofit filmic expression to inspire people to start looking at the world from a more critical perspective and to understand that very often things are not what the population at large think they are. The information in Zeitgeist was established over a year long period of research and the current Source page on this site lists the basic sources used / referenced and the developing Interactive Transcript includes exact source references and further information. A Q & A page is also being developed.

Now, it’s important to point out that there is a tendency to simply disbelieve things that are counter to our understanding, without the necessary research performed. For example, some information contained in Part 1 and Part 3, specifically, is not obtained by simple keyword searches on the Internet. You have to dig deeper. For instance, very often people who look up “Horus” or “The Federal Reserve” on the Internet draw their conclusions from very general or biased sources. Online encyclopedias or text book Encyclopedias often do not contain the information contained in Zeitgeist. However, if one takes the time to read the sources provided, they will find that what is being presented is based on documented evidence. Non-Profit DVDs / Free Video Downloads are available through the Downloads page.

That being said, It is my hope that people will not take what is said in the film as the truth, but find out for themselves, for truth is not told, it is realized.

OAM 341 31-03-2008, 02:49

One response to “Zeitgeist

  1. Este é um dos mais extraordinários documentários que já vi na minha vida. Embora já conhecesse bastante bem a II e a III parte, a i parte, a do cristianismo foi uma autêntica revelação.Em suma, os romanos inventaram uma religião e implementaram-na à força em todo o império. E se o império político se desmoronou, o império religioso mantém-se até hoje: a igreja de Roma. Verdadeiramente extraordinário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s