Crise Global 15

Miguel Angelo, Juízo Final (detalhe), Vaticano
Miguel Ângelo, Juízo Final (detalhe), Vaticano

A queda de um anjo

Colapso do sistema financeiro ocidental: Vaticano no vermelho e Indy Mac na falência.

Eu creio que Bush esteve no Vaticano para falar do “fim dos tempos” com o Papa alemão. Ou melhor, para falar do colapso financeiro da América, do G7… e do Vaticano!

Sim, tudo isto está falido ou prestes a falir. E a alternativa parece ser apenas uma de duas: ou deixar que o Oriente tome conta de nós, ou pulverizar metade do planeta com uma apocalíptica nuvem nuclear!

As três maiores instituições de crédito hipotecário americanas — Freddie Mac, Fannie Mae Indy Mac — estão à beira da falência.

A Indy Mac acaba de fechar as portas, prometendo reabrir na próxima segunda-feira sob a custódia da entidade de supervisão, chamada Office of Thrift Supervision (OTS).

A Freddie Mac e a Fannie Mae, responsáveis por metade do mercado imobiliário americano, avaliado em 6 biliões (6E12) de USD, perderam entretanto 50% do seu valor em bolsa, podendo seguir a breve trecho o caminho da Indy Mac.

Três biliões de US Dólares (3E12 USD) é o buraco potencial de cada uma destas instituições responsáveis por segurar os empréstimos bancários concedidos a centenas de milhar de americanos para estes poderem comprar casa própria, mas também, durante demasiado tempo, especular com elas.

A Reserva Federal americana, dirigida por banqueiros privados com ar sério, pretende porém continuar a injectar liquidez fictícia no circuito monetário, para assim permitir a sobrevivência virtual de um número crescente de bancos e instituições financeiras falidas. Para isso, terá no entanto que aumentar ainda mais o número de rotativas e a velocidade de impressão de notas verdes. Estas, além de contribuírem para uma verdadeira epidemia inflacionista mundial, nomeadamente no sector da energia e das matérias primas industriais e alimentares (ver mapa da Bloomberg), terão um valor cambial cada vez menor. O GEAB prevê que no fim de 2008 sejam necessários 1,75 US dólares para comprar um único euro. O petróleo deverá chegar aos 200 US dólares por barril já no próximo Natal! Por cá, as grandes obras portuguesas estarão, enfim, no tapete, à espera de revisão técnica e sobretudo de melhores dias. Alguns banqueiros poderão mesmo estar na prisão!

Commodity Prices Increase

One of the largest US mortgage lenders, the California-based IndyMac Bank, has collapsed amid a growing credit crisis.

Federal regulators seized the bank’s assets, fearing it might not be able to meet withdrawals by depositors.

It is the second-largest financial institution to fail in US history, regulators say.

The failure came on a day when shares in the two biggest US home loan institutions – Freddie Mac and Fannie Mae – fell at one stage by almost 50%.

IndyMac had been struggling to raise funds and stay in business in one of the states worst hit by the US housing market slump.

The bank’s primary regulator, the Office of Thrift Supervision (OTS), said depositors had withdrawn more than $1.3bn in the past 11 days.

“This institution failed today due to a liquidity crisis,” OTS Director John Reich said. — BBC News.

O Vaticano, curiosamente, também não escapa aos efeitos do euro alto/dólar baixo e à crise financeira internacional. Para já, anunciou prejuízos de 9,1 milhões de euros em 2007 (The Australian Business), e envia o Papa à Austrália, como que para apimentar o peditório organizado pela Opus Dei, entre exibições ecuménicas e pedidos de desculpa pelos pedófilos que, pelos vistos, abundam no seu exército celestial!

Finalmente, uma pergunta que não faço há meses: como estão as finanças da Caixa Geral de Depósitos? E as do Montepio Geral? Se alguém tiver mapas, que mos envie!


ÚLTIMA HORA!

Casa Branca pede ao Congresso para “nacionalizar” as duas maiores instituições de crédito do país, ambas completamente falidas: Fannie Mae e Freddie Mac.

É caso para exortar o Partido Comunista Português a ser mais ousado nas suas rezas parlamentares!

WASHINGTON (last update: 14-07-2008) — Alarmed by the sharply eroding confidence in the nation’s two largest mortgage finance companies, the Bush administration on Sunday asked Congress to approve a sweeping rescue package that would give officials the power to inject billions of federal dollars into the beleaguered companies through investments and loans.

In a separate announcement, the Federal Reserve said it would make one of its short-term lending programs available to the two companies, Fannie Mae and Freddie Mac. The Fed said that it had made its decision “to promote the availability of home mortgage credit during a period of stress in financial markets.”

An official said that the Fed’s decision to permit the companies to borrow from its so-called discount window was approved at the request of the Treasury but that it was temporary and would probably end once Congress approved Treasury’s plan. Some officials briefed on the plan said Congress could be asked to extend the total line of credit to the institutions to $300 billion. — New York Times.

OAM 391 13-07-2008, 2:30 (última actualização 15-07-2008 00:09)

One response to “Crise Global 15

  1. No site do BdP estão disponíveis as contas dessas entidades a Março 08, que inclui a comparação com igual período de 2007. Também lá se encontram os relatórios e contas de 2007.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s