Linha do Tua

Pare, Escute e Olhe !
Alexandre Melo: o mercado já não é a vanguarda!

Um excepcional documentário de Jorge Pelicano. Recordou-me —num registo obviamente mais subtil e informacional, o incendiário filme de Buñuel, “Las Hurdes”. Este regresso do cinema verdade e da arte militante não poderia ser mais bem-vindo.

Impedir o fecho da Linha do Tua e a construção da criminosa barragem que a EDP, o senhor Sócrates e a restante pandilha do Bloco Central da Corrupção querem levar por diante, não é uma questão apenas crítica para os habitantes daquele vale belíssimo, para os cidadãos de Mirandela, Bragança e em geral da região transmontana e alto duriense — é uma questão crítica da maior importância para todos nós, portugueses!

O que está em causa é um plano de barragens irrelevante para a produção de energia, pois as 12 barragens previstas satisfariam apenas 3% das nossas actuais ineficientes e mal-geridas necessidades. Os objectivos escondidos da EDP têm que ser revelados. E na minha opinião são dois:

  1. colocar a EDP, depois de estabilizar a sua posição hegemónica no sector da produção de energia, à cabeça do controlo privado de um bem público escasso: a água! Este objectivo estender-se-à a prazo ao completo domínio privado das bacias hidrográficas do país, dos sistemas de abastecimento público de água e dos próprios off-shores marítimos!
  2. gerar activos capazes de mitigar a extrema fragilidade financeira da empresa gerida pelo pirata António Mexia, a qual, como se sabe, tem uma dívida acumulada de mais de 13 mil milhões de euros. Ou seja, mais de que quatro vezes o custo estimado do novo aeroporto da Ota em Alcochete!

Grandes empresas de construção e energéticas, bancos e sociedades financeiras obscuras, empresas de comunicação e o próprio Estado estão endividados até aos cabelos. Enquanto os banqueiros e alguns empresários falidos insistem diariamente, com a cumplicidade neo-fascista dos canais televisisvos controlados pelo governo, na necessidade de cortar a eito na despesa pública social, gritam ao mesmo tempo, como passarinhos esfomeados, por empreitadas e subsídios estatais (i.e. mais dinheiro dos contribuintes, sobretudo pela via da destruição do Estado Social) para salvar as suas empresas. É neste contexto que devemos olhar para a Linha do Tua (353 vídeos no YouTube). O que lá deixarmos morrer poderá ser o boomerang que em breve nos atingirá fatalmente na nuca.


OAM 638 20-10-2009 13:12

3 responses to “Linha do Tua

  1. Parabéns pelo artigo e obrigado por ajudar a defesar um património natural e humano único

    mario sales de carvalho

    http://www.linhadotua.net

    email enviado aos nossos contactos:

    Linha do Tua no António-Maria

    http://o-antonio-maria.blogspot.com/2009/10/linha-do-tua.html

    353 vídeos no You tube…..

    O 1º foi colocado por nós há 3 anos….. 1992 de Abreiro ao Tua

    Parabéns a todos e obrigado pelo grande esforço sem recursos

    o Objectivo era convencer 10 000 000 de Portugueses + 1 (o sr Sócrates)…. já não faltarão muitos

    abraço

    mario sales de carvalho

    http://www.linhadotua.net

  2. Gostei do seu texto, escrito de forma brilhante, como sempre. Consigo aprendo muito!
    Como fiz um vídeo sobre a acidente de comboio do dia 22 de Agosto de 2008, uma vez que era passageiro, tive curiosidade em ver se se o mesmo constava da lista dos 353 a que se refere. Confesso que fiquei admirado de numa lista tão exaustiva de vídeos sobre a Linha do Tua de não encontrar lá o meu intitulado “A Última Viagem do Comboio da Linha do Tua”. Será exagero da minha parte pensar que houve censura? Gostaria que verificasse, ou então veja em

    Vi o filme na Culturgest, emocionado com as imagens. O filme, belíssimo, vai ficar na História do nosso cinema de intervenção.
    P.S. Substituir o anteriror comentario por este

  3. A linha do Tua, antes dos “acidentes”, era assim:
    http://www.ocomboio.net/diaporama/linha_do_tua_2006/index.html

    “Páre, Escute e Olhe”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s